domingo, 13 de junho de 2010

OVERDOSE DE PAIXÃO.

Não consigo mais viver sem pensar em você, madrugada vem chegando preciso me entorpecer, pois, a minha droga é você preciso me libertar dessa prisão, preciso me livrar dessa solidão eu preciso arranca essa dor, desse machucado coração.

To maluco to doidão, to confuso na solidão, to drogando meu coração, com overdose de paixão.

Não quero mergulhar na ilusão preciso viver o mundo da realidade, quero voa com as asas do prazer pelo jardim das suas caricias, olhando para fora de mim ver com os olhos da imaginação, este maravilhoso mundo de felicidade deixando sobre as nuvens dos sonhos, os rastros das nossas loucas paixões.

Preciso me libertar desta droga, que vem me tirando a paz destruindo a minha vida, que esta me pirando a cabeça quebrando meu cristal de sonhos.

Autor: Joabe Tavares de Souza.
Data:19/07/2005/ ás 22:33/hms.