segunda-feira, 11 de julho de 2011

Nós dois

Estamos distantes um do outro
Mas os nossos pensamentos
Estão sempre conectados
Em nosso silencio nos precisamos
E onde quer que estejamos
Estaremos assim juntinhos
Suprindo as nossas carências
Apesar de todos os obstáculos
Que o tempo ou a vida nos impõe
Mas ainda assim estamos ligados
Pela força do infinito amor
Que sentirmos um pelo outro
Desejando-nos loucamente
E quando juntinho estamos
Mesmo assim a distancias
Você me pede para amá-la
Ai eu viajo com as asas
Da minha imaginação poética
Como faço agora
Tentando simplesmente também
Proporcionar-te momentos mágicos
Como o que transcrevo abaixo...
Aah eu te sinto aqui
Toda molhadinha sobre mim
Ardendo em seus poros
O suor do profano desejo
Pedindo-me para que a faça
A mulher mais feliz
Entre todas as flores
E eu cobrindo de beijos
Todo o seu corpo já nu
Sentindo sua pele suave
Como se levemente tocasse
As pétalas das mesmas flores
E eu caminhado por entres seus seios
Descobrindo neles a rota do gostoso
E ardentes desejos como quem procura
Um tesouro de um pirata apaixonado
Com os meus sedentos e quentes lábios
Como se estivesse andando
Num jardim florido e perfumado
Dos nossos loucos prazeres.


Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.