domingo, 17 de fevereiro de 2013

Sem você



Sem você:
Eu me sinto perdido,
Mais nada faz sentido.
Eu não me reconheço,
Perco a paz no coração.

Sem você:
Eu nada sou,
Eu me desespero.
Quem eu sou?
Eu não vivo.

Sem você:
Meu mundo não gira,
Não tenho forças.
Meu dia não passa
Minhas noites são frias.

Sem você:
O tempo logo para,
As nuvens são densas.
O vento vira tornardo,
As flores murcham.

Sem você:
Eu não durmo,
Fico confuso.
É tudo escuro,
Parece o fim.

Sem você:
Eu choro de saudade,
Grito o seu nome.
Não saio do telefone,
Esperando que você chame.

Sem você:
Eu não me entendo,
Só sinto sua falta.
Não me seguro,
E faço loucura.

Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.