domingo, 8 de dezembro de 2013

As suas maldades



Eu já não aguento mais,
Essa nossa situação.
Fim de semana você sai,
Eu aqui na solidão.

Para! Será que não ver,
Que está ferindo meu coração?
Sinto vontade de te querer,
Vem! Não me causa desilusão.

Tire de mim essa dor,
Causada pela sua ausência.
Eu não mereço meu amor,
Essa sua fria indiferença.

Sofro calado neste quarto abafado,
Esperando apenas te ter,
Nos meus sonhos sufocados,
Te quero e não vou te esquecer.

Nas madrugadas eu não durmo,
Sentindo sua saudade.
Mesmo assim eu aqui te amo,
Apesar de suas maldades.

Autor: Joabe Tavares de Souza - Joabe o Poeta.