segunda-feira, 8 de setembro de 2014

A vida



A vida nunca me foi,
E nunca me será fácil.
Ela sempre me cobrou,
Tudo que eu pude dar.
Eu nasci prematuro,
Já estava escrito o meu futuro.
Se eu quisesse ter algo.
Eu mesmo teria que conquistar.
Então fui eu mesmo buscar,
Fui aprendendo a ser eu nela.
Nunca desistir de nada,
Alguns sonhos foram apenas adiados.
E assim eu sempre prossigo,
Me derrubam hoje aqui.
Mas amanhã eu me levanto e sobrevivo ali.

Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.