terça-feira, 28 de abril de 2015

Livros sobre a mesa



Nas confusões dos dias,
A vida nas cousas passam.
Á mesa e ás escrivaninhas,
As paginas se misturam.

Sob os olhares atento do silencio,
No gritar das agonias.
Histórias ganham vidas e alento,
No reger das sinfonias.

Nas labutas silabais das cruas letras,
Nos vazios das linhas em brancos,
Tudo vai aos poucos virando teias,
Lentamente preenchendo o vácuo.

Marcando as horas no tempo,
Demarcando conceitos nas horas.
Ocupando territórios no espaço.
Transferindo semânticas nas palavras.

O mundo vai ganhando ideias,
As coisas vão se constituindo.
Os grãos que formam as praias,
Os mesmos formam pensamento.

Nas folias das aventuras,
De sonhos em sonhos.
Entrelaçando as historias,
A todos os momentos.

Assim nascem os esquecidos livros,
Narrando as coisas da vida.
Na arte de por tudo em registros,
Versificando o dia-a-dia.

Misturando as emoções,
Vivificando o amor,
Sentificando as paixões
E esquecendo a dor.

Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.