terça-feira, 17 de maio de 2011

Não sei mais

Não sei mais o que te dizer
Para te convencer que te amo
Meu vocabulário se esgotou
Preciso criar novos termos
Para dizer te quero
Preciso gritar que te necessito
Não, o meu silencio te dirá
Ouça, sinta, veja e me ame
Não sei mais o que pensar
Juro que não sei
É muito mais forte
É muito mais belo
É muito mais intenso
Não adianta, não vou lutar
Não quero lutar contra o amor
Se ele é a minha fonte de calor
Meu monte onde tenho paz
O lugar onde me encontro
Vou deixar acontecer
Minha alma se entorpeceu
Não sei como vai ser
Esse amor entre você e eu
Não durmo mais
Você já me domina
Se é loucura eu não sei
Minha alma flutua
Pensando em nós
Eu sei, meu sangue ferve
Quando fecho meus olhos
E te sinto aqui junto a mim
Como a lua sente a escuridão
Não sei, não sei de mais nada
Aliás, sei! Sei que te amo
Só isso e nada mais eu sei.

Joabe Tavares de Souza - Joabe o Poeta.