segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Não esqueça



Não faça do orgulho,
O seu grande castelo.
Não seja um ser soberbo,
Nem faça disso seu tesouro.
Não deixe que o egoísmo,
Seja o seu único caminho.
Não queira o individualismo,
Como o seu espelho mágico.
Não permita que o seu medo,
Faça de você um cego.
Não distribua raiva e rancor,
Mas pelo contrario aja com amor.
Não viva só para si mesmo,
Veja na coletividade o mundo.
Não perca mais tempo,
De si mesmo se privando.
Não tenha distanciamento,
Liberte-se do seu segredo.
Não finja com os seus olhos,
Aliás, o fingir te levará ao engano.
Não dê com o seu sorrir o desprezo,
Pois se assim for, será desprezado.
Não seja das verdades o único dono,
Mas, mostre com simplicidade o todo.
Não se esquiva, vá e abra ao mundo os braços,
E grite com toda força o quanto é grato.
De um banquete de alegria todo momento,
E verá quão belo brilha o sol no firmamento.
Não se torne prisioneiro em seus pensamentos,
Liberte-se e abra todos os belos caminhos.
Não desconstrua com as palavras os sonhos,
Mas crie caminhos para torná-los vivos.
Não esqueça, para ser feliz fomos criados,
Então, una força, coragem, vontade e amor.
E torne partir de você, tudo isso verdadeiro.

Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o poeta.