quinta-feira, 20 de junho de 2013

Tu me queres?



Tu me queres com toda ternura que eu te quero?
Tu me queres com todo amor que eu te quero?
Tu me queres com toda loucura que eu te quero?
Tu me queres com todo desejo que eu te quero?
Tu me queres com toda brandura que eu te quero?

Tu me sente como eu te sinto nos brilhos das estrelas?
Tu me sente como eu sinto você no calor do sol?
Tu me sente como eu te sinto no cair do orvalho?
Tu me sente como eu sinto você no véu do luar?
Tu me sente como eu te sinto nas ondas do mar?

Tu me ver como eu te vejo na minha solidão?
Tu me ver como eu vejo você no espelho da paixão?
Tu me ver como eu te vejo na minha inquietação?
Tu me ver como eu vejo você no pular do meu coração?
Tu me ver como eu te vejo aqui no meu leito em escuridão?

Eu te amo, sinto e vejo quando eu cerro minhas pálpebras.
Eu te desejo, vejo e sinto quando eu me entrego a minha cama.
Eu te vejo, sinto e desejo quando o meu corpo arde pela sua falta.
Eu te quero, amo e sinto nos meus sonhos e nas minhas loucuras.
Eu apenas te espero com toda ternura de desejar, sentir e amar.

Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.