terça-feira, 13 de setembro de 2016

Desespero

Meu Deus,
Veja a minha dor.
Afaste de mim essa raiva,
Antes que ela vire rancor.

Senhor meu pai,
Acalme esse meu peito.
Tranquilize o meu coração,
Antes que ele se petrifique.

Meu pai,
A minha alma está doente.
Tire de mim essa angustia,
Antes que ela me consuma.

Senhor Deus,
Já não suporto mais.
Afaste de mim este desespero,
Antes que seja tarde demais.

Pai, meu senhor,
Mostre-me a minha culpa.
Pois não consigo entender,
O porquê de tanta dor na face.

Pai, essa dor,
Mata-me a cada vez.
Eu busco por resposta,
Não encontro nem vestígio.


Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.