terça-feira, 18 de outubro de 2016

A minha dor

A minha dor.
Essa coisa ruim,
Que só eu sinto.
Isso é fato.

Ela corrói por dentro,
A deixa-me estafado.
Ela vive a me incomodar,
Até tira-me o rumo.

Essa minha dor.
Ela é ingrata,
Não tem dó.
Se deixar, mata.

Mas eu vivo a esconder,
Deixo a mim mesmo o sofrer.
Escondido para ninguém ver,
Essa dor de amar sem ser.


Autor: Joabe Tavares de Souza - Joabe o Poeta.