segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Eu sou

Eu sou um poeta amante,
Que ama, ama e ama.
E acaba aqui sofrendo.

Eu sou sim um deficiente
Que sonha, sonha e sonha.
Mas ainda acredita no amor.

Eu sou pequeno menino,
Que brinca, brinca e pula.
Mas aqui nos meus sonhos.

Eu sou um daqueles apaixonados,
Que canta, canta e chora.
E nunca se entrega ao lamento.

Sou eu menino como aquele manhoso,
Que quer, quer e precisa.
De ao menos um pouquinho de carinho.

Sou eu um simples louco poeta.
Que escreve, escreve e vive.
Em cada linha dos seus versos.

Eu sou um tal Joabe,
Que ama, vive e escreve.
Tudo que ele acredita.


Autor: Joabe Tavares de Souza - Joabe o Poeta.