segunda-feira, 6 de março de 2017

Coração meu coração

Coração meu coração,
Rogo-te não sofra assim.
Não machuca o peito,
Tenha pena de mim.

Coração meu coração,
Não seja enganador.
Bata forte eu te peço,
Não me deixe em dor.

Coração meu coração,
Não ver que estou triste.
Seja meu fiel amigo,
Sem medo ao amor grite.

Coração meu coração,
Sei que já está cansado.
Não de razão a solidão,
Ela o quer dilacerado.

Coração meu coração,
Não seja um acovardado.
Não se entregue a ilusão,
Deixe-a lá no passado.

Coração meu coração,
Sei ser grande este fardo.
Não se permita a decepção,
Cansei-me de amar calado.

Coração meu coração,
Não seja-me um ingrato.
Eu que recolho seus cacos,
Despedaçados ao chão.


Autor: Joabe Tavares de Souza - Joabe o Poeta.