quarta-feira, 14 de março de 2012

Eu preciso do meu bem


Eu não estou bem,
Mas preciso de alguém,
Eu preciso de carinho,
Carinho do meu bem,
E de mais ninguém.

Eu estou sofrendo,
É cruel e está doendo,
A dor mais dura,
Aquela que causa medo,
Essa dor vem me triturando.

É essa maldita dor da solidão,
Que me rouba a razão,
Que me joga ao chão,
Abalando minha emoção,
E espedaça meu pobre coração.

Mas cadê o meu amor?
Onde ela está por favor?
Eu já sinto o seu calor,
Me leve contigo onde for,
Minha menina minha flor.

Não quero mais longe de ti ficar,
Nenhum instante sequer,
Pois você me faz sonhar,
Com o seu jeito meigo de ser,
Amor venha me amar.

Preciso de você aqui,
Quero te sentir,
Me entregar a ti,
Deixar à loucura fluir,
E de mim fazer parti.

Preciso ouvir sua voz suave,
Preciso curtir o seu olhar,
Preciso tocar você,
Preciso como nunca te imaginar,
Preciso do você meu bem querer.

Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.