domingo, 25 de março de 2012

Seu sonho

Tenho no peito um clarão
Sonhos loucos sem fim
Se aposta do meu coração
E seja você dona de mim.

Tiro do peito uma espada
Para a minha vida dar cabo
Por que vejo na sua janela
Te vendo cortejada por outro.

E neste momento eu choro
Deixo a dor em lagrima rolar
Vou sufocando meu suspiro
Na louca vontade de te amar.

No desejo de estar ao seu lado
Vou lutando para sempre viver
Assim loucamente amando
Nunca vou deixar de te querer.

Quero te sentir em mim
Mesmo que esteja longe
Só então saberei assim
Que nunca estará ausente.

Eu acordo pela manhã
No calor do sol me acalmo
Entrego-me a fantasia
De estar contigo sonhando.

Deixo este amor me conduzir
Sentindo-me acalentado
Com o seu jeito de me seduzir
E assim estar no seu sonho.

E entre os sonhos e desejos
Eu fico aqui na triste duvida
Se sinto o desejo dos seus beijos
Ou sinto o calor de quem me ama.

É com muita loucura que eu agora digo
Antes que eu seja consumido pela agonia
Vou gritando com toda voz pelo caminho
Que eu te amo minha linda e alegre guria.

Assim termino todos os meus versos
Escrevendo com desejo cada linha
No sublime encontro de dois corpos
Finalizando com um ponto cada rima.

Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.