domingo, 10 de junho de 2012

Azaleias, Margaridas e Jasmins


Cultivos aqui no meu jardim
Algumas espécies de fores,
Que simbolizam em mim
Alguns dos meus amores.

Como as azaleias e margaridas
Que exalam os seus perfumes,
Contando as minhas histórias
Que em grandes paixões resume-se.

As azaleias sempre me encantam
E as margaridas me enlouquecem,
Uma por ser magnificamente lida
E a outra por assim ser provocante.

E como este ornamentado jardim
Retrata grande parte de mim,
Momentos, canções e coisas assim
Então que as flores digam tudo de mim.

E bem no centro deste mesmo jardim
Vê-se um lindo branco ramo de jasmim,
Onde todos os meus sonhos se guardam
Desejos meus que nunca terão fim.

Azaleias, margaridas e jasmins
São segredos da minha alma,
Lugar onde meus sonhos caminham
Viva Fonte de minha calma.

E eu te dou um ramo de jasmim,
E nele um sorriso doce assim.
Dizendo que ainda te amo
Pois o seu nome eu chamo.

Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.