segunda-feira, 3 de abril de 2017

A carne é fraca

Ainda que nada neste país mude,
Com tanta muvuca.
Anda há quem essa desculpa use,
A nossa carne é fraca.

Meus queridos companheiros,
Os caras do poder já estão afobados.
São as delações é a ‘’lava jatos’’,
E agora as vacas indo pro brejo.

Senhor alienígena, por favor, me leva.
Já não estão mais aguentando,
Sim senhor eu sei que a carne é fraca.
Mas por que estamos pagando?

E doente só resta ficar chorando,
Ou morrer a mingua na fila do Sus.
Enquanto os amigos do rei gastando,
O nosso que pagamos nos IPTUS.

Irá morar em outro longínquo país,
Caso não morra a democracia.
Pois a impunidade nela não tem raiz,
Na nossa carta magna tem essa garantia.


Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.