sábado, 21 de julho de 2012

Cutucando


Eu venho todos os dias aqui,
No meu atalho de cutucado
Saber se eu levei um cutucão,
E logo acabo descobrindo
Que por alguém cutucado fui.

Mas ao cutucar o meu perfil,
Não estará apenas me cutucando
Estará fazendo pular aqui no meu peito,
O meu nobre e singelo coração,
Profundamente a minha alma cutucando
As lagrimas em sorrisos vamos transformados,
Num gesto de amizade gentil.

E entre uma cutucada e outra
Vamos dando asas ao tempo,
Esquecendo as dores nos cutucando
Tornando vivas gostosas emoções,
Estimulando em nós mesmos
O prazer de sentir cutucado por um amigo,
Mesmo que haja quem seja contra.

Ao cutucarmos uns ao outros deixamos explícitos
O quanto queremos bem o ser cutucado,
Independente da distancia damos sentido
Ao companheirismo nós acolhendo sem restrição.
Deste modo, vamos experiências trocando
Carinho, amor, admiração e respeito compartilhando,
Inesperadamente com os cutucões recebidos, e eu os sintos.

E assim no mundo virtual vamos nós cutucando,
Nós relacionando, nós conhecendo, nós descobrindo,
Nós amando, nós observando e nós entendemos.
Mas ás vezes sem a menos pretensão nós contradizemos,
Afinal de conta não somo perfeito, e precisamos ser cutucados,
E assim vamos vivendo, você me cutucando e eu a você cutucando.

Autor: Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.