sábado, 18 de setembro de 2010

“Marina”

Menina livre por dentro Mulher feita por fora cheia de sonhos para viver tendo nos teus olhos a gostosa magia da vida e o encanto do sincero e genuíno amor apesar de suas dores.

Assim te vejo Marina vivendo cada dia como se fora único fazendo de cada sonho um mundo encantado com os seus sorrisos ingênuo carregado de pura alegria em sua cadeira de rodas.

Riso colorido cheio de sentido pássaro livre no seu mundo construindo secretamente um ninho redemoinho de pura ternura tem no seu mundo sua forma de viver ainda que a realidade dura te seja e vai tecendo novas esperanças com simplicidade e alegria.


Indo alem com sua artes de escrever que a muitos ela conseguiu encantar transmitindo sonhos com suas cartas carregadas que viaja mundo a fora cravando no coração de quem a ler ainda que sem perspectiva nenhuma a segurança de ir em frentes não precisa esmorecer só precisa abrir um sorriso e a cabeça levantar.

Num grave e inesperado acidente neste mundo marina se fez ausente indo para junto do poderoso onipotente mas em suas cartas e artes ela se faz presente enchendo de paz e alento os corações de muita gente de fazer sempre o bem era o seu desejo mais enlouquente com sua alma pura em frente ela foi instantes a instantes deixando na história as suas marcas de uma mulher agente.

Assim eu vou tentando te descrever marina que o Adilson me contou sua história heroína assim te vejo menina mulher moça menina que eu venho te transformando em rima rina comigo vou dando te forma em versos nina transferindo em palavras o que se imagina um verdadeiro sentimento ainda me domina e assim os meus versos termina com marina.

Autor: Joabe Tavares de Souza. Data:/17/09/2010/ ás /21:35/hms.