sábado, 30 de abril de 2011

Ainda existe em mim

Todos os dias bem cedinho
Logo no nascer do sol
Vou ao meu pequeno jardim
Que regro com o meu olhar
Retirando com carinho as ervas daninha
Onde cultivo todos os meus sonhos
Em rosas, lírios, orquídeas e tudo enfim
Tem até um pé de alecrim
Que fica ali naquele cantinho
Embaixo de uma laranjeira
Bem da minha janela pertinho
Onde tem flores lindas sim
Com pétalas perfumadas assim
Enfeitada com ceda e cetim
Na harmonia das azaléias e jasmins
Sendo beijadas por borboletas e passarinhos
Sorrindo somente para mim
Assim como tu minha Iracema
De pele macia e morena
Sorriso de vida e olha de pequena
Teens todos os traços real da mãe natureza
És a mais bela e viva rosa
Aqui no jardim deste meu peito
Você ainda tem o seu cantinho
Lugar onde seu olhar ainda brilha
Enchendo meus sonhos de fantasia
E você que já me faz louquinho
Que faz meu sangue de amor ferver
Transformando meus desejos em redemoinho
És a outra metade de mim
Dando-me a certeza que ainda existe em mim.


Joabe Tavares de Souza – Joabe o Poeta.