domingo, 16 de maio de 2010

Joabe o poeta

AMANDA

AS CORES DA VIDA VEJO EM TEU SORRISO ABÉRTO MESMO MEIO TRISTONHO OU ATÉ QUASE SEM GRAÇA AINDA ASSIM COMSEQUE COLORIR TODAS AS MINHAS MANHAS.

MAR AZUL ABÉRTO COM AGUAS LIPIDAMENTE CRISTALINA DESENHANDO NO CÉU UM INMENSO SORRISO DE ALGUDÃO NAS BRANCAS NUNVENS COLORIDAS DO CÉU COM O ARCO-IRIS DO TEU SORRIR
ORA EXPRÉSSA TODO SEU ENCANTO MISTURADO COM O DESENGANO DAS DUVIDAS QUE Á ATORMENTA TODA MAGIA ENBEBECIDA COM A ALEGRIA MOMENTANIA DE MENINA PELA VIDA ORA EXPRÉSSA DA A INSSATISFAÇÃO ENBRIAGADA COM A INCERTEZA PRESENTE EM TEU CORAÇÃ TODOS OS SONHOS DE CRIANÇA QUE AINDA GUARDA EM TEU INTIMO PRONTO PARA VOAR NA INMENCIDÃO DO UNIVÉRSO DA REALIDADE.

ASSIM VOCE ACABA SENDO NA MINHA MOLDURA INMAGINARIA DE POÉTA DANDO FÓRMA ÁS LINHAS TRAÇADAS NESTE POEMA.

NÃO DEIXANDO DE VER O QUE HÁ DE MELHOR EM VOCE MAS ABSORVE A FUNDO TODAS AS PARTICULAS DE ALEGRIA DO TEU SER



DEIXANDO QUE TUDO ACONTEÇA COM ARMONIA E PERFEIÇÃO DEIXANDO QUE DEUS POR MEIO DA VIDA SE EMCARRÉGA DE MOSTRAR O CAMINHO CÉRTO A SEQUIR.

AMANDA VEJO VOCE ASSIM COMO UM LINDO JARDIM FLORIDO SÓ COM JARMIM AMANDA VOCE É ASSIM COMO UMA HISTÓRIA SEM FIM UM CONTO DE FADA PRA MIM.

EU JOABE O POÉTA OFEREÇO-TE ESTE POEMA MINHA AMIGA AMANDA

Autor; JOABE TAVARES DE SOUZA. Data; 17/08/2007/ ás 22:57/hms.